Imprimir

Print Friendly and PDF

QUAL A DATA DE HOJE?

Seja bem-vindo. Hoje é

GRATO PELA VISITA

19 de abril de 2015

JERUSALÉM CELESTIAL - O TEMPLO DO CRIADOR

AS PROFECIAS DEIXADAS PARA NÓS HOJE. 

A palavra do Criador foi nestes termos dirigida ao profeta Jeremias: 

VAI À “PORTA” DO TEMPLO DO CRIADOR; lá pronunciarás este discurso: Escutai a palavra do Criador, vós todos, povos de JUDÁ, que entrais por estas portas para vos prostrar diante dele. 

OBSERVE: O Criador está se dirigindo aos judeus ( o nosso Salvador era Judeu) e o templo do Criador era Jerusalém ou qualquer outro local em que a ARCA se encontrava. 

Eis o que diz o Altíssimo dos exércitos, o Criador de Israel: Reformai vosso procedimento e a maneira de agir, e eu vos deixarei MORAR NESTE LUGAR. 

PRESTE ATENÇÃO: Como poderiam os judeus morarem no templo se somente os sacerdotes e sumo sacerdotes LEVITAS tinham permissão por parte do Criador a ali adentrarem para fazerem os serviços de manutenção e limpeza dos objetos sagrados? 

Não vos fieis em palavras ENGANADORAS, semelhantes a estas: Templo do Senhor, templo do Senhor, aqui está o templo do Senhor. 

Se reformardes vossos costumes e modos de proceder, se verdadeiramente praticardes a justiça; se não oprimirdes o estrangeiro, o órfão, a viúva; se não espalhardes neste lugar o sangue inocente e não correrdes, para vossa desgraça, ATRÁS DOS DEUSES ALHEIOS, então permitirei que permaneçais neste lugar, nesta terra que dei a vossos pais por todos os séculos. 

O LUGAR ERA: Jerusalém. NA SOMBRA das coisas futuras, trata-se da Jerusalém Celestial. 

Vós, contudo, vos fiais em fórmulas enganadoras que de nada vos servirão. 

Roubais, matais, cometeis adultérios, prestais juramentos falsos; ofereceis incenso a Baal e procurais deuses que vos são desconhecidos; e depois, vindes apresentar-vos diante de mim, nesta casa em que foi invocado meu nome, e exclamais: Estamos salvos! - para, em seguida, recomeçar a cometer todas essas abominações. 

É, por acaso, a vossos olhos uma caverna de bandidos esta casa em que meu nome foi invocado? Também eu o vejo - oráculo do Senhor. 

Ide, portanto, à minha casa de Siló, onde a princípio habitou meu nome, e vede o que lhe fiz por causa da maldade do meu povo de Israel. 

SILÓ foi um dos locais em que o Tabernáculo havia sido montado e ali estava a ARCA que representava o Pai de forma física. 

E agora, porque vos tendo já continuamente advertido, não me atendestes, vou fazer da casa em que foi invocado meu nome e na qual depositastes vossa confiança, desse lugar que vos dei assim como a vossos pais, o que fiz de Silo, E VOS REPELIREI DE MINHA PRESENÇA, ASSIM COMO REPELI VOSSOS IRMÃOS, A RAÇA INTEIRA DE EFRAIM. 

O Criador continua orientando o profeta Jeremias: 

Quanto a ti, não intercedas por esse povo. Não ergas em favor dele queixas ou súplicas e não insistas junto de mim, PORQUE NÃO TE ESCUTAREI. 

Não vês o que faz ele nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém? 

Os filhos juntam lenha, os pais acendem o fogo e as mulheres sovam a massa PARA FAZER TORTAS DESTINADAS À RAINHA DO CÉU, depois FAZEM LIBAÇÕES A DEUSES ESTRANHOS, O QUE PROVOCA A MINHA IRA. 

SAIBA QUE: A deusa pagã OSTERA era tida como a rainha do céu. 

Será, porém, a mim próprio que ele fere - oráculo do Criador - ou a si mesmo, para sua maior vergonha? 

Por isso eis o que diz o Criador: Eis que minha cólera vai extravasar-se sobre este lugar, sobre os homens e os animais, sobre as árvores dos campos e os frutos da terra. E ela se inflamará para não mais se extinguir. 

 Eis aqui o que diz o Altíssimo dos exércitos, o Criador de Israel: Amontoai holocaustos sobre sacrifícios, e deles comei a carne; sacrifícios, no dia em que os fiz sair do Egito. 

Foi esta a única ordem que lhes dei: Escutai minha voz: serei vosso Criador e vós sereis o meu povo; segui sempre a senda que vos indicar, a fim de que sejais felizes. 

Eles, porém, não escutaram, nem prestaram ouvidos, seguindo os maus conselhos de seus corações empedernidos; voltaram-me as costas em lugar de me apresentarem seus rostos. 

Desde o dia em que vossos pais deixaram o Egito até agora, enviei-vos todos os meus servos, os profetas. Todos os dias sem cessar os mandei. 

Eles, porém, não os escutaram, nem lhes deram atenção; endureceram a cerviz e procederam pior que os pais. 

Quando tudo isso lhes transmitires, também a ti não escutarão. Chamá-los-ás e não obterás resposta. 

Dir-lhes-ás então: Esta é a nação que não escuta a voz do Altíssimo, seu Criador, e não aceita suas advertências. A lealdade desapareceu, tendo sido banida de sua boca. 

Corta teus cabelos e lança-os fora. Ergue um canto fúnebre sobre as colinas, porquanto o Senhor rejeita e abandona essa raça contra a qual se encolerizou.
Fizeram os filhos de Judá o que é mal a meus olhos, - oráculo do Criador; colocaram ídolos abomináveis na casa em que meu nome foi invocado, e o macularam. 

Ergueram o lugar alto de Tofet, no vale do Filho de Inom para lá queimarem seus filhos e filhas, não lhes havendo eu ordenado tal coisa que nem me passara pela mente.
Eis por que virão os dias - oráculo do Criador - em que não mais se dirá Tofet, nem vale do Filho de Inom, MAS VALE DO MASSACRE, onde, por falta de lugar, serão enterrados os mortos em Tofet. 

Os cadáveres desse povo servirão de pasto às aves do céu e aos animais da terra, sem que ninguém os expulse. 

Nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém farei silenciarem os gritos de alegria e os cantos de júbilo, cantos do esposo e vozes da esposa, porquanto a terra será reduzida a um deserto.

Leia as Escrituras.

10 de abril de 2015

A SANTA CEIA - A FESTA DAS BODAS DO CORDEIRO

APRENDENDO COM O EVANGELISTA LUCAS .

Num sábado, o Salvador entrou na casa de certo líder fariseu para tomar uma refeição. E as pessoas que estavam ali olhavam para Ele com muita atenção. Um homem, com as pernas e os braços inchados, chegou perto dele. E o Salvador perguntou aos mestres da Lei e aos fariseus

MESTRE DA LEI E FARISEU – O Nosso Salvador os chama de: HIPÓCRITAS, SERPENTES, RAÇA DE VÍBORAS, SEPULCRO CAIADO E MUITO MAIS.  
Eram os religiosos da época e os de hoje também.

– A nossa Lei permite curar no sábado ou não? 

Mas eles não responderam nada. Então o Salvador pegou o homem, curou-o e o mandou embora. Aí disse: 

– Se um filho ou um boi de algum de vocês cair num poço será que você não vai tirá-lo logo de lá, mesmo que isso aconteça num sábado? 

E eles não puderam responder. 

Certa vez o Salvador estava reparando como os convidados escolhiam os melhores lugares à mesa. Então fez esta comparação: 

– Quando alguém convidá-lo para uma festa de casamento, não sente no melhor lugar. Porque pode ser que alguém mais importante tenha sido convidado.

Então quem convidou você e o outro poderá dizer a você: “Dê esse lugar para este aqui.” Aí você ficará envergonhado e terá de sentar-se no último lugar. Pelo contrário, quando você for convidado, sente-se no último lugar. Assim quem o convidou vai dizer a você: “Meu amigo, venha sentar-se aqui num lugar melhor.” E isso será uma grande honra para você diante de todos os convidados. Porque quem se engrandece será humilhado, mas quem se humilha será engrandecido. 

LEMBRE-SE – As Escrituras estão nos mostrando algo que acontecerá no plano “ESPIRITUAL”.

Depois o Salvador disse ao homem que o havia convidado: 

– Quando você der um almoço ou um jantar, não convide os seus amigos, nem os seus irmãos, nem os seus parentes, nem os seus vizinhos RICOS. 

Porque certamente eles também o convidarão e assim pagarão a gentileza que você fez. Mas, quando você der uma festa, convide os POBRES, os ALEIJADOS, os COXOS e os CEGOS e você será abençoado. Pois eles não poderão pagar o que você fez, mas o Criador lhe pagará no dia em que as pessoas que fazem o bem ressuscitarem. 

A ISSO A ESCRITURA CHAMA DE “AMOR AO PRÓXIMO.

Um dos que estavam à mesa ouviu isso e disse para o Salvador: 

– Felizes os que irão sentar-se à mesa no Reino do Altíssimo! 

Então o Salvador lhe disse: 

– Certo homem convidou muita gente para uma festa que ia dar. Quando chegou a hora, mandou o seu empregado dizer aos convidados: “Venham, que tudo já está pronto!”. 

– Mas eles, um por um, começaram a dar desculpas. O primeiro disse ao empregado: “Comprei um sítio e tenho de dar uma olhada nele. Peço que me desculpe.” 

– Outro disse: “Comprei cinco juntas de bois e preciso ver se trabalham bem. Peço que me desculpe.” 

– E outro disse: “Acabei de casar e por isso não posso ir.” 

– O empregado voltou e contou tudo ao patrão. Ele ficou com muita raiva e disse: “Vá depressa pelas ruas e pelos becos da cidade e traga os POBRES, os ALEIJADOS, os CEGOS e os COXOS.” 

– Mais tarde o empregado disse: “Patrão, já fiz o que o senhor mandou, MAS AINDA ESTÁ SOBRANDO LUGAR.” 

– Aí o patrão respondeu: “Então vá pelas estradas e pelos caminhos e obrigue os que você encontrar ali a virem, a fim de que A MINHA CASA FIQUE CHEIA. Pois eu afirmo a vocês que nenhum dos que foram convidados provará o meu jantar!” 

ESTA SERÁ A GRANDE CEIA NA JERUSALÉM CELESTIAL. O GRANDE DIA DA FESTA DAS BODAS DO CORDEIRO. 

E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras do Criador.

 Certa vez uma grande multidão estava acompanhando o Salvador. Ele virou-se para eles e disse: 

– Quem quiser me acompanhar não pode ser meu seguidor se não me amar mais do que ama o seu pai, a sua mãe, a sua esposa, os seus filhos, os seus irmãos, as suas irmãs e até a si mesmo. Não pode ser meu seguidor quem não estiver pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhar. Se um de vocês quer construir uma torre, primeiro senta e calcula quanto vai custar, para ver se o dinheiro dá. Se não fizer isso, ele consegue colocar os alicerces, mas não pode terminar a construção. Aí todos os que virem o que aconteceu vão caçoar dele, dizendo: “Este homem começou a construir, mas não pôde terminar!” 

– Se um rei que tem dez mil soldados vai partir para combater outro que vem contra ele com vinte mil, ele senta primeiro e vê se está bastante forte para enfrentar o outro. Se não fizer isso, acabará precisando mandar mensageiros ao outro rei, enquanto este ainda estiver longe, para combinar condições de paz. 

O Salvador terminou, dizendo: 

– Assim nenhum de vocês pode ser meu discípulo se não deixar tudo o que tem. 

– O sal é uma coisa útil; mas, se perde o gosto, deixa de ser sal. É jogado fora, pois não serve mais nem para a terra nem para O MONTE DE ESTERCO. Se vocês têm ouvidos para ouvirem, então ouçam. 

Certa ocasião, muitos cobradores de impostos e outras pessoas de má fama chegaram perto do Salvador para o ouvir. Os fariseus e os mestres da Lei criticavam o Salvador, dizendo: 

– Este homem se mistura com gente de má fama e toma refeições com eles.
Então Jesus contou esta parábola: 

– Se algum de vocês tem cem ovelhas e perde uma, por acaso não vai procurá-la? 

 ASSIM, DEIXA NO CAMPO as outras noventa e nove e vai procurar a ovelha perdida até achá-la. Quando a encontra, fica muito contente e volta com ela nos ombros. Chegando à sua casa, chama os amigos e vizinhos e diz: “Alegrem-se comigo porque achei a minha ovelha perdida.” 

OBSERVE: As noventa e nove “ovelhas” não ficaram presas no aprisco. Ficaram em pastos verdejantes.

– Pois eu lhes digo que assim também vai haver mais alegria no céu por um pecador que se arrepende dos seus pecados do que por noventa e nove pessoas boas que não precisam se arrepender. 

O Salvador continuou: 

– Se uma mulher que tem dez moedas de prata perder uma, vai procurá-la, não é? Ela acende uma lamparina, varre a casa e procura com muito cuidado até achá-la. E, quando a encontra, convida as amigas e vizinhas e diz: “Alegrem-se comigo porque achei a minha moeda perdida.” 

– Pois eu digo a vocês que assim também os anjos do Pai se alegrarão por causa de um pecador que se arrepende dos seus pecados. 

 E o Salvador disse ainda: 

– Um homem tinha dois filhos. Certo dia o mais moço disse ao pai: “Pai, quero que o senhor me dê agora a minha parte da herança.” 

– E o pai repartiu os bens entre os dois. Poucos dias depois, o filho mais moço ajuntou tudo o que era seu e partiu para um país que ficava muito longe. Ali viveu uma vida cheia de pecado e desperdiçou tudo o que tinha. 

– O rapaz já havia gastado tudo, quando houve uma grande fome naquele país, e ele começou a passar necessidade. Então procurou um dos moradores daquela terra e pediu ajuda. Este o mandou para a sua fazenda a fim de tratar dos porcos. Ali, com fome, ele tinha vontade de comer o que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. Caindo em si, ele pensou:
 
“Quantos trabalhadores do meu pai têm comida de sobra, e eu estou aqui morrendo de fome”! Vou voltar para a casa do meu pai e dizer: ‘Pai, pequei contra o Altíssimo e contra o senhor e não mereço mais ser chamado de seu filho. 

Me aceite como um dos seus trabalhadores.“Então saiu dali e voltou para a casa do pai”. 

– Quando o rapaz ainda estava longe de casa, o pai o avistou. E, com muita pena do filho, correu, e o abraçou, e beijou. E o filho disse: “Pai, pequei contra o Criador e contra o senhor e não mereço mais ser chamado de seu filho!”. 

APRENDEMOS QUE – Ao nos arrependermos dos nossos pecados, quais sejam a IMPIEDADE e a INIQUIDADE, o nosso Pai Celestial está sempre disposto a nos receber como ovelha.


Leia as Escrituras.