Imprimir

Print Friendly and PDF

QUAL A DATA DE HOJE?

Seja bem-vindo. Hoje é

GRATO PELA VISITA

22 de outubro de 2014

DAVI E AS SOMBRAS DAS COISAS FUTURAS

FOI ASSIM QUE DAVI ESCREVEU UM DOS SEUS SALMOS:

Meu Pai! Meu Pai! Por que me abandonaste? Por que estás tão longe de salvar-me, tão longe dos meus gritos de angústia? 

Meu Deus! Eu clamo de dia, mas não respondes; de noite, e não recebo alívio! 

As palavras do Salvador são tiradas diretamente do Salmo de Davi, escrito cerca de 1000 anos antes da sua morte. A maior parte deste salmo é uma profecia do sofrimento que o Salvador suportou no madeiro, e é citada repetidamente no evangelho, nas narrações da crucificação. O versículo inicial nos lembra que o maior sofrimento que o Messias suportou não foi a dor física da cruel do madeiro, mas a agonia emocional de morrer só. 

Tu, porém, és o Santo, és rei, és o louvor de Israel. 

Em ti os nossos antepassados puseram a sua confiança; confiaram, e os livraste.

Clamaram a ti, e foram libertos; em ti confiaram, e não se decepcionaram. 

Mas eu sou verme, e não homem, motivo de zombaria e objeto de desprezo do povo. 

Caçoam de mim todos os que me veem; balançando a cabeça, lançam insultos contra mim, dizendo:
"Recorra ao Criador! Que o Criador o liberte! Que ele o livre, já que lhe quer bem! " 

O Salvador foi o ser humano que mais confiou nas Escrituras! Ele sabia que sofreria muitas coisas. Seria rejeitado pelos anciãos, principais sacerdotes, fariseus e escribas. Seria morto e ressuscitaria. Seria entregue nas mãos dos homens. Que em Jerusalém os escribas, fariseus e os principais sacerdotes o condenariam à morte e o entregariam aos gentios (romanos). Que lá seria escarnecido, cuspido, açoitado e morto. Depois de três dias ressuscitaria. 

Como ele sabia de tudo isso? Uma revelação particular? Uma mensagem especial do Criador? Não! A fonte é a palavra já revelada: “...está escrito... nos profetas...”

O Salvador sabia que entraria em Jerusalém montado num jumentinho. Que seria traído por um dos seu. Que seria abandonado. O Salvador sabia que o que estava escrito não seria mudado. O Salvador confiou e respeitou tudo o que está escrito

Já os fariseus sempre preferiram os sinais e tradições! Para eles essas coisas superavam a Palavra. O Salvador se indignou com esse tipo de pessoa, dizendo que agiam “jeitosamente”. Ele afirmou que não haveria sinal algum a não ser aquilo que já estava escrito

No que você confia? No que está escrito, como fez o Salvador? Ou nas tradições religiosas e sinais (de prosperidade, revelações, dons, etc.) como fizeram os fariseus?  

Continuando... 

Contudo, tu mesmo me tiraste do ventre; deste-me segurança junto ao seio de minha mãe. 

Desde que nasci fui entregue a ti; desde o ventre materno és o meu Criador. 

Não fiques distante de mim, pois a angústia está perto e não há ninguém que me socorra. 

Muitos touros me cercam, sim, rodeiam-me os poderosos de Basã. 

Como leão voraz rugindo escancaram a boca contra mim. 

Como água me derramei, e todos os meus ossos estão desconjuntados. Meu coração se tornou como cera; derreteu-se no meu íntimo

Meu vigor secou-se como um caco de barro, e a minha língua gruda no céu da boca; deixaste-me no pó, à beira da morte

Cães me rodearam! Um bando de homens maus me cercou! Perfuraram minhas mãos e meus pés. 

E da mesma maneira também os príncipes dos sacerdotes, com os escribas, e anciãos, e fariseus, escarnecendo, diziam: 

Salvou os outros, e a si mesmo não pode salvar-se. Se é o Rei de Israel, desça agora do madeiro, e crê-lo-emos. 

Confiou no Criador; livre-o agora, se o ama; porque disse: Sou Filho do Altíssimo. 

E o mesmo lhe lançaram também em rosto os salteadores que com ele estavam crucificados.
E desde a hora sexta houve trevas sobre toda a terra, até à hora nona. 

E perto da hora nona exclamou o Salvador em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Pai meu, Pai meu, por que me desamparaste? 

Posso contar todos os meus ossos, mas eles me encaram com desprezo. 

Dividiram as minhas roupas entre si, e tiraram sortes pelas minhas vestes. 

Tu, porém, Senhor, não fiques distante! Ó minha força, vem logo em meu socorro! 

Livra-me da espada, livra a minha vida do ataque dos cães

Resta, irmãos meus, que vos regozijeis no Criador. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós. 

Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus trabalhadores, guardai-vos da circuncisão;
Porque a circuncisão somos nós, que servimos ao Pai em espírito, e nos gloriamos no Salvador, e não confiamos na carne. 

Salva-me da boca dos leões, e dos chifres dos bois selvagens. E tu me respondeste. 

Pois não menosprezou nem repudiou o sofrimento do aflito; não escondeu dele o rosto, mas ouviu o seu grito de socorro. 

De ti vem o tema do meu louvor na grande assembleia; na presença dos que te temem cumprirei os meus votos. 

Também o Pai, que me enviou, testemunha a meu favor. Vocês nunca ouviram a voz dele, nem viram o seu rosto. 

As palavras dele não estão no coração de vocês porque vocês não creem naquele que ele enviou.
Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são elas mesmas que dão testemunho a meu favor. 

Mas vocês não querem vir para mim a fim de ter vida. 

— Eu não procuro ser elogiado pelas pessoas. 

Quanto a vocês, eu os conheço e sei que não amam ao Pai com sinceridade. 

Eu vim com a autoridade do meu Pai, e vocês não me recebem. Quando alguém vem com a sua própria autoridade, esse vocês recebem. 

Como é que vocês podem crer, se aceitam ser elogiados pelos outros e não tentam conseguir os elogios que somente o único Pai pode dar

Não pensem que sou eu que vou acusá-los diante do Pai; quem vai acusá-los é Moisés, que é aquele em quem vocês confiam. 

Se vocês acreditassem em Moisés, acreditariam também em mim, pois ele escreveu a meu respeito. 

Louvem-no, vocês que temem o Senhor! Glorifiquem-no, todos vocês, descendentes de Jacó! Tremam diante dele, todos vocês, descendentes de Israel!

Os pobres comerão até ficarem satisfeitos; aqueles que buscam o Senhor o louvarão! Que vocês tenham vida longa! 

Todos os confins da terra se lembrarão e se voltarão para o Pai, e todas as famílias das nações se prostrarão diante dele, pois do Pai é o reino; ele governa as nações. 

Todos os ricos da terra se banquetearão e o adorarão; haverão de ajoelhar-se diante dele todos os que descem ao pó, cuja vida se esvai. 

A posteridade o servirá; gerações futuras ouvirão falar do Pai, e a um povo que ainda não nasceu proclamarão seus feitos de justiça, pois ele agiu poderosamente.

Leia as Escrituras.

19 de outubro de 2014

O SALVADOR É O CAMINHO. CAMINHO ESPIRITUAL.

AS PALAVRAS VERDADEIRAS DO EVANGELISTA JOÃO

Se o Pai é glorificado nele, também o Pai o glorificará em si mesmo, e logo o há de glorificar. 

Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco. Vós me buscareis, mas, como tenho dito aos judeus: Para onde eu vou não podeis vós ir; eu vo-lo digo também agora. 

UM novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. 

Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. 

Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, para onde vais? O Salvador lhe respondeu: Para onde eu vou não podes agora seguir-me, mas depois me seguirás. 

Disse-lhe Pedro: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida. 

Respondeu-lhe o Salvador: Tu darás a tua vida por mim? Na verdade, na verdade te digo que não cantará o galo enquanto não me tiveres negado três vezes. 

O Salvador continua o diálogo com apóstolo Pedro. 

Não se turbe o vosso coração; credes no Criador, crede também em mim. 

Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. 

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. 

Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. 

Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho

Tomé, como sempre curioso, pensou como muitos ainda pensam hoje que o caminho que leva ao Salvador é FÍSICO

Disse-lhe o Salvador: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. 

Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto. 

Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. 

Disse-lhe o Salvador: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? 

Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. 

Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras.
Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai. 

E tudo quanto pedirdes EM MEU NOME eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 

O nosso Salvador é bem claro: Pedir em nome dele. 

Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. 

Se me amais, guardai os meus mandamentos. 

E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; 

O Espírito Consolador se encontra no nosso entendimento. Ele não é FÍSICO

O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. 

Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. 

Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, mas vós me vereis; porque eu vivo, e vós vivereis.
Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós. 

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. 

Disse-lhe Judas (não o Iscariotes): Senhor, de onde vem que te hás de manifestar a nós, e não ao mundo? 

O Salvador respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. 

Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou. 

Tenho-vos dito isto, estando convosco.

Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. 

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. 

Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu. 

Eu vo-lo disse agora antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis. 

Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim; 

O PRÍNCIPE DESTE MUNDO É HÁ-SATÃ (SATANÁS). 

Mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai, e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui. 

Leia as Escrituras